Ouvir
Parque da Cidade Oriental

À semelhança do lado ocidental da cidade do Porto, a zona Oriental, é também provida de um grande Parque ao longo das margens do rio Tinto.


O Parque Oriental, desenvolve-se como um parque linear desde do Freixo até Pego Negro, com excelente componente estética e paisagística que garante o usufruto de um rio Tinto despoluído e saudável, contribuindo para o bem-estar da população, a sustentabilidade do espaço e a promoção da sua biodiversidade.


À semelhança do Parque da Cidade, na zona ocidental da cidade, o Parque Oriental foi projetado pelo arquiteto paisagista Sidónio Pardal. De acordo com o autor, o projeto consistiu em "transformar um espaço compartimentado e acidentado de campos num contínuo natural, relvado, arborizado e com uma rede de caminhos onde as pessoas tenham prazer em passar uns tempos livres em sossego". 


Os Polinizadores do Parque

 

Em 2021 iniciou-se no Parque Oriental da Cidade um projeto que consiste na análise interligada das componentes de três áreas de conhecimento: Arquitetura Paisagista, Botânica e Entomologia. Os trabalhos incidem na implementação de práticas de manutenção diferenciada de revestimento herbáceo, promotoras da biodiversidade, com especial enfoque na criação de condições para a atração e sustentabilidade de comunidades de insetos polinizadores.

 

O Parque Oriental da Cidade é assim mais palco da cidade privilegiado para o usufruto e apropriação dos valores naturais e desenvolvimento de atividades de educação para a sustentabilidade, quer pela população escolar da zona envolvente, como pelos visitantes do Parque.


Área: 18 hectares


Flora: Pinheiro-bravo (Pinus pinaster), Sobreiro (Quercus suber) e Carvalho alvarinho (Quercus robur)


Infraestruturas Disponíveis: Ciclovia partilhada.


Horário: 24h00; Todos os dias



Ver mais...