Ouvir
Pacto

Consciente da urgência climática, fortalecido pelo caminho percorrido e feitos alcançados, o Município do Porto iniciou um caminho rumo à neutralidade carbónica do Porto, procurando atingir níveis de redução de emissões de CO2 na ordem dos 85% até 2030.


Mas numa cidade que é o epicentro de toda uma região com mais de 1,7 milhões de habitantes, a neutralidade por si só, é um feito exigente e complexo, e que naturalmente convoca uma ação coletiva para benefícios conjuntos.


A neutralidade no Porto só poderá ser atingida com ações concretas levadas a cabo por todos os atores, independentemente da sua dimensão, da sua ação prévia ou personalidade jurídica.


Foi neste contexto, que o Município lançou o Pacto do Porto para o Clima, um documento que procura sintetizar metas e objetivos para a descarbonização da cidade, e que reúna todos aqueles procuram contribuir para uma visão comum.


Por isso, com o Pacto do Porto para o Clima pretende-se despertar a ação dos cidadãos e organizações e criar uma grande comunidade de aprendizagem, partilha e apoio mútuo. A subscrição do Pacto é voluntária, não vinculativa e sem custos, para que todos, dentro das suas organizações, e individualmente, contribuam para um Porto neutro em carbono.


Com o Pacto do Porto para o Clima, o Município pretende criar uma comunidade local ativa e cooperante, rumo a uma cidade neutra em carbono, resiliente, competitiva, justa e participativa.


Mais informação sobre o Pacto do Porto para o Clima ou como subscrever, aqui.